Como escolher a linha de costura?

Como escolher a linha de costuraExistem diversos tipos de linhas de costura e escolher a linha certa para o trabalho é parte essencial para um bom resultado na costura. Utilizando uma linha muito fina, a costura pode se desfazer e utilizando uma muito grossa, o próprio tecido pode ser danificado. Preparamos algumas dicas que irão te ajudar na hora de escolher sua linha de costura.

1. Tudo depende do tipo de costura: Para os tipos mais objetivos, você consegue um bom resultado com linhas mais comuns, como algodão e viscose. Quando forem necessárias mais práticas de costura, aumentarão também as exigências quanto a linha a ser utilizada. Os principais tipos de costura são:

  • Bordado: Consiste em várias técnicas de costura incluindo meio ponto, ponto cheio, ponto cruz, ponto hardanger, ponto chato, ponto matiz, ponto richelieu, ponto de sombra, bordado em fita, etc. Até mesmo em um único trabalho, as linhas usadas no bordado podem variar;
  • Costura funcional para reparar rasgos e buracos;
  • Costurar modelos de roupas.

2. Os principais tipos de linha de costura:

  • Algodão;
  • Nylon/viscose;
  • Seda;
  • Metálicas;
  • Lã;
  • Carretel;
  • Linha feita da junção de mais de um tipo de linha (Linha mista).

3. A qualidade da linha é muito importante: Entre as características que as linhas têm que pode te ajudar a escolher qual a mais indicada para o seu trabalho é a composição e as propriedades da linha. A lista abaixo contém algumas dicas que serão úteis quando você for escolher a linha com a composição adequada.

  • Linhas de poliéster: São linhas resistentes, na maioria das vezes possuem  acabamento de silicone ou cera, esse revestimento, permite que ela passe pelo tecido com pouca fricção, sendo indicada para trabalhos com tecidos elásticos, malhas e sintéticos. É recomendada tanto para trabalhos a mão como a máquina
  • Poliéster para uso geral: Tem um preço acessível, é recomendada para vários tecidos e possui algodão em sua composição. Contudo, essa linha não é muito boa para trabalhos de bordado.
  • Linha invisível: Ela une duas grandes qualidades: é resistente e pouco visível. É ideal para trabalhos em que você precisa garantir que a linha seja forte, mas não quer que ela chame atenção.
  • Linha de algodão: É ótima para utilização em costura básica e é facilmente encontrada. Possui um acabamento lustroso. No entanto, não é muito indicada para trabalhos em tecidos de malha elástica, quando utilizada nesses tecidos, pode se romper facilmente. Em contrapartida, você pode tranquilamente usá-la em trabalhos minuciosos como tules e lingeries.
  • Algodão de uso geral: As linhas de algodão de uso geral de espessura média (tamanho 50) são muito úteis, já que você pode aplicá-la em uma grande variedade de tecidos, entre eles os tecidos de algodão leve ou médio, viscose e linho.
  • Algodão perlé: Você pode utilizar essa Linha quando quiser produzir um efeito liso e lustroso á superfície, no entanto, ela não pode ser dividida.
  • Algodão para bordar: Você pode bordar em tecidos de diferentes pesos. Sua qualidade e resistência são medianas.
  • Algodão trançado: Essa você pode utilizar em bordados. É composta de seis fios torcidos com folga, mas é melhor desenrola-lo antes de usar para que o acabamento não fique muito fofo, a menos que o tecido tenha trançado largo.
  • Linha para flores: Utilize essa linha quando você quiser dar ao seu trabalho um visual antigo. As linhas para flores só dão bom resultado quando usadas em tecidos com poucos fios e você pode usar ela sem medo algum para bordar sobre linho fino.
  • Linha para edredom: Como o próprio nome já diz, ela é a que melhor se aplica a costura de edredons. Feita com algodão puro, ela passa facilmente pelo tecido utilizado em colchas e edredons.
  • Linhas de seda: As linhas de seda são finas e podem ser usadas em diversos tipos de tecidos. Elas não deixam buracos e são bastante maleáveis. Apesar de finas, as linhas de seda são fortes, portanto tem boa aplicação sobre seda e lã, conseguindo alinhavar os tecidos.
  • Fitas de seda: Quando você precisar fazer bordados com fitas de seda, elas são indicadas tanto para os bordados como para criações decorativas como acessórios de cabelo, adereços em saias, bolsas e afins.
  • Fibras de seda: Você pode trabalhar com ela em fios separados e elas têm aspecto bonito e brilhante.
  • Seda torcida: Essa linha cairá bem em seus bordados. Sem contar que você ainda dispõe de duas possibilidades de uso: costurar ela torcida como ela vem ou com os fios separados, ambas trazem um bom resultado.
  • Fio de seda: Também conhecida como seda japonesa, é uma linha brilhante indicada para bordados e tecidos de seda. Essa linha pode ser facilmente desfiada durante a costura, uma dica boa para evitar isso e ter as unhas sempre bem cortadas. As linhas de fios de seda não são vendidas torcidas, mas você pode usar ela como vêm, ou torcê-la.
  • Trabalho pesado: Sabe aqueles tecidos pesados que você costuma encontrar em estofamentos e agasalhos? Essa é a linha mais indicada para esses trabalhos. Sua composição pode variar entre poliéster, algodão, ou uma junção dos dois.
  • Linhas de viscose: São recomendadas para os pontos mais complexos dos bordados em que as linhas de algodão parecem ficar com muito relevo.
  • Linha de nylon: As linhas de nylon são finas e você pode utilizar em tecidos sintéticos não muito pesados.
  • Linhas de lã: Já que as linhas de lã funcionam bem com tecidos pesados como lã ou tela, costumam ser usadas para bordados e colchas.
  • Lã persa: A lã persa é formada por três fios e pode ser usada assim ou com os fios separados, para decidir entre esses dois modos, você deve levar em conta a espessura do tecido que você vai costurar.
  • Lã de tapeçaria: Essa lã e indivisível e mais fina que a lã persa.
  • Lã para bordar: É a linha de lã mais fina, mas você pode enrolar ela com mais fios para deixar ela um pouco mais grossa. Use essa linha para bordados com lã.
  • Linhas para máquina: A lista a seguir contém as linhas utilizadas em máquinas de costura:
  • Linhas matizadas: Se você quiser fazer bordados coloridos, as linhas matizadas são uma boa opção, são tingidas em vários tons que vão mudando ao longo do comprimento da linha.
  • Linhas de carretel: São as mais usadas em máquinas de costura, econômicas e vão bem em diversos tecidos.
  • Linhas metálicas: São disponibilizadas nas cores dourado, prata e cobre e você pode usar parar decorar acessórios.
  • Linha Purl: Volumosas, as linhas purl são ocas e torcidas essa linha é oca. Também é uma linha torcida e de volume
  • Linha japonesa: por ser muito fina, requer muito cuidado e muitas vezes acaba sendo necessário usar dois fios ao mesmo tempo para aumentar a resistência.

4. A cor da linha influencia muito no seu trabalho: Depois de decidir qual tipo de linha você vai usar, é necessário escolher bem a cor a ser trabalhada. Se você quiser realmente unir a linha ao tecido você precisa combinar bem a cor e comprar a quantidade correta. Se por acaso você não encontrar a linha desejada na cor mais próxima do tecido, utilize uma um pouco mais escura, já que as mais claras destacam muito.  

5. Dê uma olhada nas instruções de costura: Inicialmente, é muito importante que você leia as instruções de costura do modelo que você que você deseja trabalhar. Lá constam dicas de escolha da linha e do tecido. Assim que você tiver adquirido mais experiência, poderá experimentar outras combinações sabendo que também terão um bom resultado.

6. Compre linhas de qualidade: As linhas de costura baratas são duram muito e para garantir a durabilidade, as linhas de qualidade podem custar mais, mas deixarão o seu trabalho com um acabamento muito melhor deixando o processo de costura muito mais leve.
Máquinas de Costura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>