Como evitar problemas com sua máquina de costura

Como evitar problemas com sua máquina de costura

Costureiras costumam ser pessoas muito cuidadosas com suas máquinas. E para isso, nada melhor do que conhecer um pouco mais a respeito de alguns cuidados para evitar problemas futuros com essa indispensável peça de seu trabalho, afinal de contas, uma costureira sem máquina não é uma costureira, concorda?

E por isso, nós da Máquina União organizamos uma lista com cinco dicas para prolongar ainda mais a funcionalidade de sua máquina. Continue lendo e aprenda alguns cuidados básicos e necessários.


Nunca coloque óleo de cozinha

Máquinas precisam de óleo e, às vezes, na falta do óleo para máquinas, acabamos quebrando o galho com óleo de cozinha. Caso seja exatamente o que faz, pare imediatamente. O óleo de cozinha é feito para uma finalidade e não deve ser utilizado como lubrificante, com o tempo, ele endurece e vira uma graxa de endurece os mecanismos.

Para você não ter problema, nada melhor do que ter em mãos um vidrinho de óleo especial para máquina de costura. E caso ache que possa ser caro, acredite, um litro de óleo para máquina pode ser mais barato do que você pensa, além disso, você terá óleo para a vida inteira, ou seja, nada melhor do que cuidar bem de algo que lhe traz resultados ou até mesmo prazer.

Caso use a máquina regularmente, você pode colocar óleo uma vez por semana nos pontos que precisam ser lubrificados, e se por ventura colocar muito, o único problema que pode ocorrer é que terá que limpar suas roupas, mas para a máquina não fará mal algum.


Cuidado com a linha errada

Mesmo parecendo um pequeno detalhe bobo, é preciso aprender em como passar a linha na sua máquina, quem não faz isso de maneira certa está reduzindo a durabilidade da máquina. Uma regra que serve para todas: usar todos os passantes, afinal de contas, se eles existem é por uma boa razão. Pode parecer algo que esquecemos de levar em consideração, mas as máquinas foram projetadas por profissionais que levaram todos os detalhes em consideração e por isso, nada melhor do que atentar para todos os cuidados.

Se por acaso não tem certeza sobre como passar a linha, nada melhor do que consultar o manual, caso não tenha o manual, pesquise na internet, provavelmente encontrará algum arquivo escaneado com tais informações. Quando se coloca a linha de maneira errada, corre-se o risco dela embolar embaixo causando transtornos e dificultando ainda mais seu trabalho.


Não force e não abra a máquina

Você não deve abrir sua máquina caso se faça necessário uma manutenção. Nada melhor do que consultar um profissional que saberá como arrumar de maneira correta sem comprometer o funcionamento das engrenagens. Infelizmente, muitos problemas acontecem justamente por tentarmos dar um jeito no problema.

Existem relatos na internet onde costureiras dizem ter quebrado determinadas partes de suas máquinas justamente por utilizarem força para encaixar determinada peça. Desmontar a máquina também pode ser um grande problema devido a quantidade de peças existentes em seu funcionamento, você pode correr o risco de desmontar tudo e na hora de montá-la perceber que deixou alguma peça de fora.


De olho na voltagem

As máquinas geralmente funcionam em 110, se por ventura ligar no 220, com certeza o motor queimará, caso a máquina for 220 e ligar em 110, o problema será menor, ela simplesmente não ligará pela falta de força.

Por isso, caso mude de local, nada melhor do que certificar-se da voltagem das tomadas para não sofrer com uma triste surpresa. Pode parecer algo bobo, entretanto, muitas pessoas já perderam suas máquinas justamente por não prestarem atenção neste pequeno detalhe.


E por fim, cuide com carinho

Para garantir uma longa vida à sua máquina, nada melhor do que trata-la com carinho e muito amor, sempre atentando para os cuidados, para a troca de óleo e para a linha. Não esqueça que você é responsável pela longevidade de sua companheira. Por isso, nada melhor que, ao transportá-la, o faça com muito carinho e cuidado, desta maneira sua máquina com certeza poderá ser passada de filha para filha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>