Como funciona a costura após o tingimento?

Como funciona a costura após o tingimento?

Atualmente, as produções de moda possuem uma forte influência na impressão que as pessoas passam. Sendo assim, o pós tingimento vem sendo cada vez mais adotado.
O tingimento tem grande influência no resultado final de uma peça, portanto, saber como minimizar os efeitos negativos do processo relacionado à costura é indispensável para garantir um resultado satisfatório.

Tingir por quê?

Os tecidos que compõem as peças geralmente são pré-tingidos antes do corte e da costura. Graças ao pós tingimento é possível trabalhar com cores relacionadas a cada estação do ano, dependendo de qual está em alta no mercado. O pós tingimento possui suas vantagens, tais como:

  • Confecção de tons exclusivos;
  • Redução de estoques;
  • Acabamentos específicos, como por exemplo: tie dye, spray, dip dye, pigment dye etc.

O pós tingimento possui alguma restrição?

Sim. Primeiramente, é importante saber que o pós tingimento não é adequado para todos os tipos de tecido e apresenta algumas restrições, tais como:

  • Há um alto risco de franzimento de costura em tramas leves e densas caso as linhas de costura de algodão sejam utilizadas em tensão relativa;
  • Os tecidos 100% algodão possuem menor elasticidade, fazendo com que os fios do tecido se desloquem em torno da agulha, e consequentemente, aumentando os riscos de franzimento da costura;
  • A resistência da costura pode estar comprometida em tecidos leves, que necessitam de tamanhos maiores de etiquetas;
  • Tecidos que contém lycra podem apresentar problemas em relação ao alongamento da costura;
  • O pós tingimento se trata de um processo rigoroso, podendo causar danos às peças;
  • Geralmente, o encolhimento do tecido é muitas vezes maior que a quantidade mínima de encolhimento nas linhas de costura, podendo resultar em pregas na costura e na linha;

Como escolher as linhas de costura?

A linha que será utilizada na costura de peças que passarão por processo de pós tingimento possui um papel muito importante e devem ser do mesmo material da fibra do tecido.

  1. Linhas de algodão: são mais rústicas, com a mesma força que as linhas sintéticas e possuem pouco alongamento.
  2. Linhas sintéticas: a espessura da linha sintética utilizada para o tingimento deve ser idêntica à da produção convencional. É necessário um franzimento mínimo e tensões leves na costura, para auxiliar na aparência final da costura, logo após o tingimento.

Como configurar a máquina de costura?

No caso de produtos naturais, a velocidade deve ser menor, comparada aos produtos sintéticos;

  • A condição na qual a máquina de costura se encontra poderá influenciar negativamente o desempenho das linhas. As de algodão, por exemplo, estarão mais suscetíveis a danos no processo de costura;
  • Em caso de fios mais grossos, as agulhas maiores podem aumentar o risco de danos. Maior atenção deve ser dada a este aspecto, considerando o processo de tingimento subsequente;
  • Os fechos de contato devem ser ajustados para o uso total de linhas de costura 100% algodão;
  • As lançadeiras (em casadeiras) devem estar posicionadas no avesso, pois desta maneira há uma menor tensão na agulha.

A Máquinas União conta com uma variedade de máquinas de costura de acordo com a sua necessidade. Entre em contato conosco e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>