Crie seus próprios padrões de costura

Crie seus próprios padrões de costura

Ter os seus próprios padrões de costura pode ser uma tática muito vantajosa e muito simples de se fazer. Sem contar que ao criar os seus padrões você também estará economizando dinheiro e fazendo roupas com as duas medidas.

Existem dois procedimentos: Você pode utilizar as medidas de uma roupa que você já tem, marcando as alterações que você deseja para a peça que vai ser confeccionada, ou começando do zero, tirando as suas medidas.

Mas é importante lembrar-se de pesquisar como é o processo para o tipo da roupa que você vai fazer, já que cada uma pode ter diferentes maneiras de traçar as peças padrão. Você precisará de:

  • Fita métrica;
  • Papel de embrulho postal ou papel vegetal semelhante;
  • Régua acrílica;
  • Calibre de costura;
  • Giz branco
  • Roupa original para ter como base.

Vamos lá?

Método 1. Copiando padrões

1. Utilizando giz para marcar a costura. Estique a roupa sob uma superfície para que ela fique lisa e virada para cima. Agora você irá utilizar o giz para traçar a costura da parte frontal da peça.

  • O método do traço com giz vai bem em qualquer peça do vestuário, mas é mais indicada para roupas com a costura mais simples e acessórios costurados.
  • Antes de começar a trabalhar na parte de trás da roupa, foque na parte frontal, comece com a maior seção e vá seguindo para as menores. Ex: Para fazer um padrão copiado de um vestido, comece traçando as costuras das mangas e a que separa o torso da saia.

2. Estirando o papel padrão. Para essa etapa, abra um pedaço grande de papel de embrulho postal marrom em cima de uma superfície dura. Esse papel é recomendado também pelo destaque que o traço do giz tem nele.

  • Um quadro de cortiça também pode ser útil, já que com ele você consegue fixar a peça enquanto faz os traços.
  • Quadro de cortiça funciona bem, porque você pode fixar a peça no lugar enquanto trabalha.

3. Colocando a peça em cima da parte superior do papel. O lado com as marcações de giz voltado para o papel e ajeite a peça, então coloque pressão na parte de trás da peça nas áreas de costura para marcar melhor.

  • Com uma das mãos, pressione a roupa para que ela permaneça plana contra o papel e com a outra esfregue a roupa em volta das áreas previamente demarcadas com giz. Após esse processo, o giz deve ficar marcado no papel.
  • Se você estiver trabalhando com um quadro de cortiça ou algo do tipo, você pode fixar a peça no papel durante o trabalho. Faça os furos nos pinos em linha reta através da roupa do papel e da cortiça

4. Traçando em volta da maior área. Agora, com o giz, você terá que contornar as bordas superior, inferior e laterais da sua roupa. É importante manter a roupa esticada e imóvel.

  • Nesse primeiro momento, atente-se apenas em traçar em torno das bordas da seção principal.
  • Se você estiver trabalhando em um padrão de vestido copiado, por exemplo, primeiro você irá traçar ao redor do decote e nas laterais do torso. Caso a saia e o tronco formarem um pedaço grande e não estiverem ligados, faça um contorto das laterais e da parte de baixo da saia.

5. Chegou a hora da parte de trás e das peças menores. Assim como feito anteriormente, em cada parte da roupa, você terá que marcar a costura e pressionar contra o papel.

  • Faça esse processo em todas as peças da frente e depois comece a trabalhar nas de trás.
  • Novamente pegando o vestido como exemplo, comece pelas peças da frente da manga.
  • É importante que você não se esqueça de sempre marcar qual é cada peça durante o processo.
  • Por segurança, deixe pelo menos 2,5 cm de espaço entre as peças e não tire o padrão direto da que está no papel.

6. Fazendo o desenho da costura. Agora você pode retirar a roupa do papel. A partir dos traços no papel, faça uma segunda paralela com 1,25cm de distância de cada peça padrão.

  • O mais comum nas peças comerciais é a costura de 5/8 polegadas, o que equivale a 1,6 cm.
  • Independente de qual das duas medidas você escolher, é importante manter o padrão para cada peça.

7. Cortando os pedaços. Com uma tesoura afiada, você irá finalizar o processo cortando cada uma das peças marcadas do padrão ao longo das linhas.

Método 2. Criando um padrão simples para ajustes em camisetas

1. Tirando suas medidas. Para que a camiseta seja confortável, você terá que adicionar duas polegadas (5 cm) nas medidas em torno no seu torso, braços e pescoço. Segue abaixo uma lista das medias necessárias.

  • Meio ombro: Meça a distância entre os ombros, adicione as duas polegadas e divida por dois
  • Meio pescoço: Levemente pendure uma corta em torno no seu pescoço e veja a medida. Adicione duas polegadas de conforto e divida por dois.
  • Busto: Tire a medida do busto, adicione duas polegadas e divida por quatro.
  • Cintura: Tire a medida da parte menor da sua cintura, adicione duas polegadas e divida por 4
  • Quadril: Tire a medida da maior parte dos seus quadris, adicione duas polegadas e divida por quatro
  • Ponto HSP: Localize o ponto que fica entre a base do seu pescoço e o seu ombro. Tire a medida desse local até a parte superior do tórax puxando a fita métrica por baixo da axila e depois adicione as duas polegadas de conforto.
  • Distância: Tire a medida da distância entre o ponto HSP e a cintura natural e a medida da distância entre o ponto HSP e os quadris.
  • Bíceps: Com o braço para baixo, meça a parte mais larga do bíceps, adicione as duas polegadas e divida por dois.
  • Comprimento da manga: Meça do seu ponto de ombro ao ponto que deseja que a manga acabe.
  • Comprimento da costura nas axilas: Tire a medida da axila até o ponto que você quer que a manga bata e diminua uma polegada. (2,5 cm)
  • Meio pulso: Caso você esteja fazendo uma camiseta de manga longa, você precisará tirar a medida da circunferência do pulso e dividir por dois.

2. Traçando a parte frontal: Agora você irá desenrolar um pedaço de papel que seja maior que as medias do HSP ao quadril. É importante que a borda seja rigorosamente reta.

  • Faça uma linha leve e perpendicular a partir da borda em linha reta de 5 cm começando pela parte superior do papel e com medida igual ao “meio pescoço” Essa medida é o HSP.
  • Faça outra linha, também perpendicular logo abaixo da primeira com o comprimento do “meio ombro” e essa linha deve ter meia polegada, o que equivale a 1,25 cm.
  • Desça até a parte superior do peito partindo do HSP e marque o ponto.
  • Trace uma linha perpendicular em cima da última marca da borda reta do papel. Deve ser igual ao ¼ de busto.
  • Meça a distância entre o ponto HSP e a cintura e marque o ponto. Trace uma linha perpendicular sobre esta marca a partir da linha reta do papel, com o comprimento igual ao ¼ da cintura medida.
  • Meça a distância entre o HSP e o quadril e marque um ponto final. Novamente, desenhe uma linha perpendicular partindo da borda reta do papel e o comprimento deve ser igual ao seu ¼ de hip.

3. Hora de ligar os pontos! Para criar a frente do seu novo padrão de camiseta você precisa conectar as marcas medidas do modo correto. Vamos conferir?

  • Queda frontal do pescoço: Desenhe uma curva côncava partindo do HSP na borda do papel. A linha reta horizontal deve ser de, pelo menos ¼ de polegada (0,6 cm) nas duas extremidades.
  • Faça uma ligação entre o ponto de ombro com uma curva também convexa, só que bem menor.
  • Agora faça uma outra curva côncava partindo do ponto de ombro e a linha de ¼ do busto.
  • Trace uma linha partindo do busto que vá até o quadril. Lembre-se de fazer essa linha reta para uma camiseta com lateral reta ou fazer ela mais curva para camisetas mais desenhadas.
  • Faça uma curva convexa leve partindo da linha do quadril que vá até a borda do papel.

4. Agora vamos fazer esses passos na parte de trás. Assim como feito na parte da frente da sua camisa, esboce um molde para a parte de trás, mas quando você chegar na queda detrás do pescoço, lembre-se de deixá-la menor que a da frente. A menos que isso interfira na sua escolha pessoal para a camiseta.

  • Se você estiver usando um papel padrão transparente, você pode usar os traços feitos na frente para desenvolver os traços que serão usados para começar a parte de trás.

5. Traçando a manga da sua camisa. Para essa etapa, você precisará dobrar um pedaço de papel ao meio padrão. É importante que o papel seja tenha 3 ou 4 polegadas a mais que a medida do “meio bíceps” e “comprimento da manga” que você tirou.

  • Como você pode ver, essa marca será uma dobra de altura.

6. Medindo o comprimento da manga. Ao longo da borda dobrada, meça o comprimento da manga marcando em cima e em baixo da medida e lembre-se de iniciar a pelo menos 1 polegada da parte de cima do papel.

  • Partindo da marca inferior, tire a medida do comprimento da sua “costura das axilas” e marque um ponto.
  • Agora meça uma linha perpendicular sobre esse ponto para fazer o comprimento do seu meio bíceps e novamente marque o ponto.

7. Ligando os pontos.

  • Verifique quanto mede a distância da sua “cava”. Agora aperte a marca e tire a medida da peça padrão começando pela linha de bíceps e chegando a um ângulo perpendicular de 1 polegada para depois curvar e cruzar no topo da dobra fazendo um ângulo reto. Trace esta linha.
  • Faça outra linha perpendicular partindo da parte inferior do bordo dobrado igualando a distância do “meio bíceps”, menos de 1 polegada (2,5 cm).
  • Faça uma linha reta ligando o fim da última linha até o final da primeira linha de “meio bíceps” e trace esta manga até o outro lado do papel dobrado.

8. Adicionando costura. Faça mais uma borda em volta de todas as suas peças padrão utilizando o giz para que ela tenha a função de margem na costura.

  • A medida da costura deve ser de 1/4 polegada (0,6 cm) em torno da frente da camisa, da traseira, e peças das manga.
  • Lembre-se de mudar essa costura a 1 polegada em todas as linhas.

9. Cortando as peças padrão.Com a sua tesoura, corte cada peça padrão usando as linhas de costura como guia e separe elas para que fiquem prontas para a costura ser realizada com facilidade e verifique se cada peça padrão está rotulada com precisão.

10. Trabalhando no colarinho. Para essa etapa, você precisará ter as medidas da parte da frente e da parte de trás do pescoço e fazer um retângulo a partir delas.

  • Tire as medias das curvas do pescoço ao longo da linha de costura e dobre esses números, depois some os dois. O resultado será a circunferência do pescoço.
  • O comprimento do seu retângulo de colarinho deve ser 7/8 o tamanho dessa medida.
  • Geralmente, a largura do retângulo do colarinho é de cerca de 1 – ½ polegada (3,8 centímetros), mas isso depende do tamanho de colarinho que você deseja que a sua camisa tenha.
  • Agora corte essa peça e coloque-a junto com as outras para terminar o processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>