Diferença entre máquina de costura doméstica e industrial

Diferença entre máquina de costura doméstica e industrial

Vamos iniciar esse artigo fazendo uma brincadeira com os dois tipos de máquinas em questão. As máquinas domésticas ou familiares seriam semelhantes a um Fusca, já as máquinas industriais, com Ferraris. Mas, apesar da comparação, isso não quer dizer que as máquinas domésticas não sejam boas, claro que não.

É que as máquinas industriais são construídas direcionadas para um tipo de mercado e para um tipo de utilização, ou seja, costumam ser empregadas em costura de grande escala que precisa de uma velocidade superior. Isso também não quer dizer que as máquinas domésticas sejam lentas, pelo contrário, eles cumprem seu papel.

Nós da Máquina União, fizemos comparativos sobre esses dois tipos de máquinas, para justamente levar a você uma ideia melhor das diferenças entre cada uma.

Rendimento e velocidade

A velocidade das máquinas de costura é medida por PPM, ou seja, pontos por minuto. As máquinas domésticas costumam contabilizar cerca de 1500 PPM, já as máquinas industriais de 5000 a 9000 PPM. Utilizando o exemplo do carro, imagine você em uma estrada a 80Km/h e inesperadamente um carro ultrapassa a cerca de 300 km/h, chega até mesmo a assustar não é mesmo?

Outro ponto importante que vale destacar entre esses dois tipos de máquinas é a habilidade do operador. As máquinas industriais exigem muito mais do profissional, é necessário ter mais coordenação e habilidade para lidar com os movimentos necessários para operá-la da maneira correta para produzir o determinado número de peças.

Resistência

Se você utilizar sua máquina de costura doméstica durante muitas horas e por dias seguidos e a toda velocidade, durante muito tempo, depois de alguns anos ela apresentaria os efeitos colaterais dessa empreitada. Já as máquinas industriais são feitas para aguentarem longas horas e muitos dias funcionando a todo vapor.

E é exatamente por essa razão que o operador de uma máquina industrial, é treinado para operar a máquina em sua capacidade total, claro que, parte desse treinamento se dá ao fato da experiência adquirida, entre outras coisas, mas um operador de uma máquina industrial e completamente diferente de um costureiro, claro, não menosprezando o costureiro de uma máquina doméstica.

Conserto

Como puderam ler acima, a máquina industrial foi desenvolvida para ser mais rápida, para ter um nível de produção muito maior e para ficar ligada por horas e horas, não é mesmo? Apesar de parecer um maquinário robusto, é exatamente ele que precisa de mais atenção no quesito conserto.

Por funcionar em uma velocidade exorbitante e pelas longas horas de funcionamento, é comum que algumas peças esquentem mais que a outra, reduzindo o tempo de vida útil, por isso, elas ganham no quesito troca de peças e também de mais atenção do operador. Para esses profissionais, a lubrificação e cuidado com o funcionamento da máquina é algo constante e que precisam estar sempre de olho e ainda, seguir o manual para determinados ajustes e cuidados.

Segurança

Em determinados países as máquinas industriais não podem ser utilizadas por menores de 18 anos devido a sua velocidade e sua necessidade de destreza e atenção. Um operador desavisado e mal treinado pode sofrer alguma espécie de acidente, claro que nenhum extremamente grave, mas que com certeza causará muitos incômodos.

Comentários

Perguntas realizadas para: "Diferença entre máquina de costura doméstica e industrial"

  Mostrar Comentários

Ainda não temos nenhum comentário para este artigo.
Seja o primeiro utilizando o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *